15 filmes sobre lugares e viagens

O mundo do cinema sempre inspira os viajantes. E entre uma viagem e outra, nada melhor do que curtir um belo filme que mostre alguns destinos legais de se visitar. Pensando nisso, fiz uma lista de 15 filmes que já me inspiraram a viajar (e espero que te inspirem também rs). Há muito mais filmes sobre viagem, mas vai ficar para uma segunda lista. Você já assistiu a esses filmes?

1. Na natureza selvagem

Nada melhor do que começar com um dos mais clássicos filmes sobre viagem, Na natureza selvagem. Essa é uma história baseada em fatos reais sobre Christopher McCandless, criado numa família tradicional e rígida para ser um bem-sucedido estudante e ter um futuro profissional de sucesso. Após cumprir os desejos de sua família ao se formar na universidade, Christopher larga tudo para embarcar numa vida na natureza selvagem, longe de bens materiais e da hipocrisia da sociedade. Ele inclusive muda seu nome para Alexander Supertramp, e parte em busca da verdadeira liberdade, felicidade e autoconhecimento. Nessa busca passa por lugares incríveis, navega pelo rio Colorado, segue em direção ao México e depois ruma ao Alasca, conhecendo pessoas que mudam sua vida, assim como ele muda as delas. O filme, de 2008, ainda conta com uma incrível trilha sonora de Eddie Vedder. Baseado no livro de Jon Krakauer, o filme foi dirigido por Sean Penn.

2. Na mira do chefe

Esse filme de 2008 se passa na pequena e bela cidade de Bruges, na Bélgica, e me inspirou a visitar o local. Na mira do chefe (ou, em inglês, In Bruges) é um filme de humor negro em que dois matadores (Colin Farrell e Brendan Gleeson) são enviados para Bruges a fim de aguardar instruções de seu chefe (Ralph Fiennes). Porém, sentem-se deslocados e passam a turistar pela charmosa cidade medieval. Enquanto o personagem de Colin sente-se irritado de estar lá, o de Brendan se encanta com a cidade de contos de fadas. Vale a pena ver para se inspirar com as cenas de Bruges.

3. Casa comigo

Essa comédia romântica me deu vontade de sair correndo para visitar a Irlanda. Amy Adams, nesse filme de 2010, viaja para o país atrás de uma tradição local: o dia 29 de fevereiro é o único dia do ano em que as mulheres podem pedir os homens em casamento. Porém, após aterrissar no lugar errado, ela tem que atravessar o país com a ajuda do dono de uma hospedaria. Esse doce filme mostra lindas paisagens do interior da Irlanda e me inspirou a visitar o país.

4. Sob o sol da Toscana

O livro de Frances Mayes inspirou este belo filme, com clássicas paisagens da Toscana. No filme, a escritora embarca numa viagem à Toscana após receber o pedido de divórcio de seu marido. Deprimida, a personagem ganha a viagem de uma amiga para se curar, mas chegando lá, em um impulso, resolve comprar uma casa numa vila próxima a Cortona. Pouco a pouco Frances se deixa conquistar pela Toscana, pelos amigos que faz e se apaixona novamente. E esse filme de 2004 fará você se apaixonar e correr para a Toscana!

5. Livre

Livre (Wild) a princípio não me conquistou. Porém, após ler o livro, passei a admirar totalmente esse filme. Cheryl Strayed (Reese Whiterspoon), após a repentina morte da mãe, vê sua vida desmoronar. Distancia-se da família, desiste de seu casamento e entrega-se à heroína. Porém, 4 anos depois, resolve percorrer sozinha 1.770 km pela belíssima trilha Pacific Crest Trail, a PCT, na costa oeste dos Estados Unidos. Sem nenhuma experiência em trilhas, essa jornada a ajuda a se fortalecer e se autodescobrir, uma verdadeira história de superação. Baseado em fatos reais, Livre (2015) me fez ter vontade de fazer essa trilha completa um dia. Fica a dica para ler o livro também.

6. Uma caminhada na floresta

Com Robert Redford e Nick Nolte, Uma caminhada na floresta (A walk in the woods), de 2015, se passa em outra trilha dos Estados Unidos, a Appalachian trail, na costa leste do país. Após muitos mochilões pela Europa, o personagem de Robert Redford, já na terceira idade, resolve que nunca é tarde para aproveitar a vida e convida um antigo colega de viagens para fazer a trilha dos Apalaches, de 3.000 km, e provar que mesmo nessa idade ainda há muito o que se viver. Essa caminhada cheia de hilariantes surpresas te leva para conhecer mais uma trilha dos EUA.

7. Antes do amanhecer

Esse fascinante filme com Ethan Hawke e Julie Delpy te fará ter vontade de conhecer a bela Viena, na Áustria. Na história, o americano Jesse e a francesa Celine se conhecem num trem pela Europa e ele a convence a desembarcar em Viena. Atravessando uma noite inteira passeando pela cidade, eles se conectam por meio de reflexivas e interessantes conversas e pouco a pouco se apaixonam. Antes do amanhecer (Before Sunrise, de 1995) poderia ser maçante, mas em vez disso, ele se revela uma grata surpresa, doce, leve e apaixonante. Tanto que acabou gerando duas continuações, Antes do por do sol e Antes da meia-noite.

8. Chef

Com roteiro inusitado e uma trilha sonora ótima, este filme te fará ter vontade de fazer road trips. Com Jon Fravreau, Robert Downey Jr., Dustin Hoffman, Scarlett Johansson e Sofía Vergana, o filme conta a história de um renomado chef de cozinha que adora inovar, mas um dia recebe a visita de um crítico gastronômico que “detona” com suas opiniões negativas. O personagem, de gênio forte, acaba sendo demitido e a briga viraliza na internet. Sem perspectiva de arrumar emprego em outro restaurante ele resolve tentar a sorte com um food truck de lanches mexicanos e, viajando pelos EUA, redescobre o entusiasmo pela vida, pela gastronomia e o amor. Este filme leve e engraçado de 2014 não deixa de ser uma história de superação e vai te inspirar em muitos sentidos.

9. The fundamentals of caring

Também sobre uma road trip, esse filme de 2016 com Paul Rudd conta a história de Ben, um escritor frustrado com os problemas da vida, que decide se aventurar por uma nova carreira, a de cuidador. Porém, seu primeiro cliente é Trevor, um adolescente com distrofia muscular reclamão, mal-humorado e sarcástico que nenhum cuidador aguenta. Após descobrir os desejos do jovem de conhecer alguns lugares do país que ele via no noticiário, sobretudo um local que era dito o buraco mais fundo do mundo, Ben decide levá-lo para provar que é possível superar seu problema e realizar seus sonhos. Aos poucos eles se entendem e o filme mostra o valor que devemos dar às coisas simples da vida e à amizade.

10. O caminho

O caminho, ou The way, me fez ter vontade de embarcar já para a Europa e fazer o caminho de Santiago de Compostela. No filme, o filho de Tom (Martin Sheen) está prestes a iniciar o caminho de Santiago quando acaba perdendo a vida em uma fatalidade. Tom viaja para a França a fim de recolher o corpo de seu filho, mas, ao chegar lá, decide realizar o desejo dele: resolve na hora fazer o Caminho de Santiago, sem nenhum preparo ou experiência, levando as cinzas do filho. Durante essa peregrinação Tom encontra companheiros únicos de viagem e aprende que “você não escolhe uma vida, você vive uma”.

11. A vida secreta de Walter Mitty

Neste filme de 2013 com Ben Stiller, seu personagem Walter Mitty trabalha na revista Life como laboratorista de fotografias. Walter Mitty é um cara normal, cheio de sonhos, mas preso na rotina. Após receber os negativos das fotos da nova edição percebe que falta uma, a que deveria, segundo o famoso fotógrafo que as fez (Sean Penn), entrar como capa da revista. Isso funciona como um gatilho para que Walter Mitty saia em uma jornada atrás da foto faltante e seu fotógrafo, o que o faz sair da zona de conforto, passando por lugares belíssimos e mudando sua vida!

12. Up! Altas aventuras

Esta animação de 2009 me inspirou a procurar a terra das cachoeiras gigantes! E colocando esses dizeres do filme no Google, a princípio não achei o Monte Roraima e o Salto Angel, locais em que o filme se baseia, mas sim, a bela terra de cachoeiras gigantes brasileira, a paranaense Prudentópolis! Em seus primeiros minutos, o filme já é capaz de arrancar lágrimas de muita gente, contando a história de vida de Carl e sua amada Ellie, que se conheceram na infância e sempre sonharam em uma aventura na América do Sul. Porém, com o passar dos anos e muitas dificuldades, Ellie falece após uma vida de amor e alegrias ao lado de Carl. O personagem torna-se um velho rabugento, que é surpreendido com um empreendimento imobiliário que quer derrubar sua casa. É nessa hora que a história e a vida de Carl sofrem uma reviravolta: ele amarra milhares de balões à sua casa, que sai voando, porém, com um intruso, o escoteiro Russell. Assim eles saem em direção finalmente à terra das cachoeiras gigantes, o local em que Carl e sua falecida esposa sempre desejaram morar. O filme é uma lição de vida que diz para nunca desistir de seus sonhos!

13. Hector e a procura da felicidade

Hector é um psiquiatra que está à procura de resolver os problemas de seus pacientes e ajudá-los a encontrar a felicidade. Ao lado de sua esposa Clara, ele mesmo não sabe o verdadeiro significado da felicidade e vive em meio a dúvidas existenciais. Então ele decide sair pelo mundo procurando esse real significado para as pessoas e através de suas experiências. Nessa jornada ele visita a China, a África e Los Angeles, e com as pessoas que encontra, tira suas conclusões sobre o real valor da existência e da felicidade. É um filme (2016) leve, doce e cheio de lições de vida, com um toque de humor, mostrando belos lugares do mundo.

14. Copenhagen

Esse filme de 2014 me fez ter vontade de conhecer a bela cidade de Copenhagen. William é um imaturo jovem de 28 anos que viaja pela Europa e decide procurar por seu avô na cidade de Copenhagen. Lá ele conhece a jovem Effy, que o auxilia em sua busca, mas sem perceber, apesar de sua pouca idade, o ajuda a resolver seus problemas de maturidade. Com as cenas do filme, a Dinamarca entrou na minha lista de países a visitar!

15. Trilhas

Este filme é baseado no livro Trilhas (Tracks) de Robyn Davidson. O filme, de 2013, adapta as memórias de Robyn, que em 1977 cruzou sozinha os desertos australianos por 2.700 km em direção ao mar com sua cadela e 4 camelos. Com o papel interpretado por Mia Wasikowska, Robyn parte numa jornada de autoconhecimento. Ela aprende a treinar os camelos e aceita um patrocínio da National Geographic, que impõe a condição de que um fotógrafo a encontre em alguns pontos para fotografá-la para a revista. Nessa envolvente história de trekking Robyn enfrenta o extremo calor do deserto, a fome e a sede, cobras e camelos selvagens, sendo uma bela inspiração para trekkings de longa distância através da figura dessa forte heroína.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *