Mambaí: aventura em Goiás

Cachoeira do Funil

Se você ama trilhas, turismo de aventura, cachoeiras, cavernas e muito banho de rio vai se encantar com a pequena cidade de Mambaí. São muitas opções de passeios em um lugar não tão famoso como a “vizinha” Chapada dos Veadeiros.

Para se localizar, essa joia do ecoturismo está no estado de Goiás, quase na divisa com a Bahia. Caso tenha tempo, pode aproveitar a região visitando tanto Mambaí quanto as cavernas da Terra Ronca, que são relativamente próximas se estiver de carro (leia meu relato completo sobre a Terra Ronca).

Trilha para o Poço Azul
Poço Azul
Poço Azul
Trilha para a Cachoeira do Alemão

Como chegar

A melhor maneira de conhecer Mambaí é alugando um carro, já que os atrativos ficam distantes um do outro. Pegue um voo até Brasília e dirija por 315 km. As estradas até lá estão em boas condições, e é tudo asfaltado até a cidade (só fique atento com o fluxo de caminhões nessa estrada). Já para chegar aos atrativos é preciso dirigir por alguns trechos de estrada de terra, mas geralmente em boas condições.

A cidade oferece um punhado de pousadinhas simples e restaurantes, porém as pessoas são muito hospitaleiras.

Cachoeira do Alemão
Cachoeira do Alemão
Por do sol em Mambaí
Vai ter overdose de foto de por do sol 😀

Quando ir

A melhor época é entre maio e outubro, que é a época seca, boa para visitar Mambaí, Terra Ronca, Chapada dos Veadeiros e tantos outros atrativos de Goiás. Setembro e outubro têm possibilidade maior de chuva dentre os meses citados.

Como a maioria dos atrativos está em propriedades particulares e áreas ambientais, é obrigatória a contratação de guia de turismo. Eu contratei os serviços da agência Mambaí Adventure e achei eles excelentes!

Esse ponto fica na estrada Goiás-Bahia
Pode mais 3 fotos disso?
É maravilhoso demais esse por do sol!
Apaixonada pelo por do sol

O que levar

Como são destinos de ecoturismo, é interessante levar:

– tênis ou bota para caminhada

– água e lanche de trilha

– roupa de banho e roupas confortáveis para trilha

– lanterna para as cavernas

– repelente e protetor solar

Vegetação e cânions da região
Tirolesa na Caverna Lapa do Penhasco
Caverna Lapa do Penhasco
Caverna Lapa do Penhasco

Meu roteiro

A maioria das pessoas visita Mambaí por 3 ou 4 dias. Eu estive por 3 dias na cidade e não conheci todos os atrativos, porém achei bem aproveitável.

Dia 1

A primeira parada foi o Poço Azul, a 23 km de Mambaí. Em aproximadamente 1 a 1,5 hora de trilha (3,5 a 4 km de trilha de ida) cheguei em um conjunto de 3 poços para banho. A trilha passa entre alguns cânions, ao lado do rio Vermelho, e é de nível médio. Infelizmente quando visitei o local estava um pouco cheio de gente, deixando a água um pouco mais turva em relação às fotos vistas na internet. A atividade durou mais ou menos meio período do dia.

A segunda parada do dia foi a Cachoeira do Alemão. Gostei muito dessa cachoeira, a queda é alta e o poço é bem raso. A trilha demora apenas 5 minutos (200 metros) e o atrativo está a 12 km de Mambaí.

Fizemos o roteiro do dia bem calmamente. Após visitar esses atrativos, fomos para um ponto na estrada que a agência relatou ser perfeito para ver o por do sol. É um trecho da estrada bem próximo da cidade, mas na rodovia que segue para a Bahia. Foi um dos pores do sol mais lindos que já vi na vida, peça para seu guia te levar para ver o por do sol desse lugar.

Saindo da Caverna Lapa do Penhasco
Caminho para a Cachoeira do Funil
Atrás da Caminho para a Cachoeira do Funil: pessoa no pêndulo
Caminho para a Cachoeira do Funil

Dia 2

O primeiro atrativo do segundo dia foi a Caverna Lapa do Penhasco, a 16 km de Mambaí. Para quem gosta de adrenalina, o grande atrativo do local é uma tirolesa com 320 metros de extensão e a 102 metros de altura acima do cânion. Depois visitamos a caverna em si, pequena, mas boa para ver as típicas formações de caverna. A caminhada até a caverna foi de 250 metros de ida.

Depois seguimos para um atrativo bem esperado: a Cachoeira do Funil. O local fica a 6 km de Mambaí. Confesso que quando iniciamos a trilha tranquila, de 1 km, eu tinha me esquecido qual era o atrativo da vez. Entramos por uma caverna com água pela altura das pernas. O caminho por si só já era bem interessante. Como eu tinha me esquecido, foi grande minha surpresa ao notar que a outra saída da caverna terminava atrás da cachoeira! O visual, tanto por dentro como por fora da caverna, é incrível!

A Cachoeira do Funil tem cerca de 20 metros de altura, caindo por cima da caverna com se fosse um funil, daí seu nome. Como a queda tem um enorme fluxo, não é um bom ponto para banho. Por isso, no local acontecem 2 atividades excelentes para os aventureiros, o pêndulo e o rapel.

Contornando a cachoeira para sua parte superior há umas pequenas quedas d’água ótimas para banho. De lá, seguimos para ver o por do sol do dia, num local próximo de onde havíamos ido no dia anterior, fechando mais um dia perfeito.

Locais para banho acima da Cachoeira do Funil
Por do sol do segundo dia
Por do sol do segundo dia

Dia 3

No último dia fomos numa das mais lindas cachoeiras do passeio, a cachoeira Paraíso do Cerrado. Essa foi a mais distante que visitei, a 30 km de Mambaí. São 700 metros de trilha de ida por dentro de lindos paredões de cânion. Chegando lá, me deparei com um poço verdíssimo e surpreendente! Além de um local ótimo para banho, as fotos ficaram mais incríveis pela presença de uma pequena jangada de madeira na água. Isso me lembrou uma cachoeira nas Filipinas, que ficará para outro relato futuro.

Cachoeira Paraíso do Cerrado
Cachoeira Paraíso do Cerrado
Cachoeira Paraíso do Cerrado
Cachoeira Paraíso do Cerrado

Outros atrativos

Com 3 dias na região, faltou visitar alguns locais, como, por exemplo, a Trilha Itaguassu, o rapel na Claraboia da Caverna Lapa das Dores, a Caverna do Borá.

Porém, saí muito satisfeita com os atrativos que visitei, e a agência Mambaí Adventure me atendeu perfeitamente. Sendo aventureiro ou não, recomendo conhecer essa região de atrativos belíssimos!

Cachoeira Paraíso do Cerrado
Cachoeira Paraíso do Cerrado
Caminho para a Cachoeira Paraíso do Cerrado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *